domingo, 24 de agosto de 2008

Nothing fails!

Quando eu fiz a prova da FAETEC, não fazia a mínima idéia do que era Eletrotécnica e do que vinha pela frente. Eu esperava de coração conhecer outras pessoas, pessoas mais parecidas comigo, menos hipócritas do que as que faziam parte da minha vida antes dessa fase. Me importava mais com isso do que com o próprio curso. E eu conheci pessoas. Amei pessoas. Odiei pessoas. E larguei o curso, HAHAH! Mas só essa semana caiu a ficha de que só faltam mais 2 meses pra escola acabar. E junto com ela, irem embora um monte de coisas e pessoas boas que me fizeram um bem absurdo. A Larissa não é mais a mesma de antes, que passava as férias comigo na praia sonhando com paixões platônicas. Com bom humor em dias alternados, eu até estava me acostumando a tanta inconstância (sim, ela consegue ganhar de mim). Mas, PRA VARIAR, os interesses e as vidas mudaram. Hoje a vejo no máximo duas vezes por semana, sendo que um dos dias ela reserva pra me encher de foras e de descaso. Ok, eu a amo demais pra nunca mais falar com ela. O Gláucio é mimado como eu, bobo como eu e apaixonado como eu. É o amigo que mais me fez rir na vida. Só de pensar que passamos tanto tempo brigados por causa de orgulho idiota, dá vontade de voltar no tempo e mudar muitas coisas. Ok, ano que vem vai tudo mudar, mas eu o amo demais pra deixá-lo partir tão fácil. A Luisa a cada dia que passa enjoa mais de mim, mas a amo demais pra deixá-la em paz. Pertubarei até o fim, HAHA. Qualquer dia desses o Bruno casa, se forma, vira milionário e eu ainda aqui sem nada encaminhado na vida. Ok, o amo demais para chegar a sentir inveja dele. O Diego se decepciona comigo a cada dia que passa, mas eu juro que não quero matá-lo com meu perfume, nem de tédio. Me sinto bem só de senti-lo perto e pra mim isso basta. Perdão.

Comecei a escrever isso antes da notícia de que os ingressos da Madonna iriam começar a ser vendidos dia 1° de setembro. E agora que sei disso, não consigo pensar em mais nada a não ser nela, por isso ficou essa bosta. Tsc tsc, tentando colocar a culpa da minha falta de inteligência na pobre da Madonna – que diga-se de passagem, NADA pobre. 300 reais? Eu pago, mas só porque a diva é a diva.

Só pra me deslumbrar um pouquinho mais:















Nothing fails, no more fears
Nothing fails, you washed away my tears
Nothing fails, no more fears
Nothing fails

Eu acredito em Jeová e que se ele quiser eu posso estar lá, aos pés dela no dia 14 de dezembro! Meu presente de aniversário!

Beijos... vento, estrelas e cigarros (seres que lêem o que escrevo aqui).

Um comentário:

Damn disse...

Tá né.. faltaram algumas pessoas aqui, mas td bem. Tsc tsc.

Eu te desdenho horrores... mas no fundo eu te amo mtão!

*.*